março 05, 2009

Em homenagem as mulheres...













































Foto:Anna Arendshorst





Uma vez eu irei.
Uma vez irei sozinha, sem minha alma dessa vez.
O espírito, eu o terei entregue à família e aos amigos com recomendações.
Não será difícil cuidar dele, exige pouco, às vezes se alimenta com jornais mesmo.
Não será difícil levá-lo ao cinema, quando se vai.
Minha alma eu a deixarei, qualquer animal a abrigará:
serão férias em outra paisagem, olhando através de qualquer janela dita da alma, qualquer janela de olhos de gato ou de cão.
De tigre, eu preferiria.
Meu corpo, esse serei obrigada a levar.
Mas dir-lhe-ei antes: vem comigo, como única valise, segue-me como um cão.
E irei à frente, sozinha, finalmente cega para os erros do mundo, até que talvez encontre no ar algum bólide que me rebente.
Não é a violência que eu procuro, mas uma força ainda não classificada mas que nem por isso deixará de existir no mínimo silêncio que se locomove.
Nesse instante há muito que o sangue já terá desaparecido.
Não sei como explicar que, sem alma, sem espírito, e um corpo morto — serei ainda eu, horrivelmente esperta.


(Clarice Lispector)

-----
Mais um poema de mais uma mulher especial...
Boa tarde pra vcs
Beijos carinhosos

7 comentários:

Palma da Mão disse...

É lindo sim querida, e muito intenso.
Beijinhos
Liliana

{♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

Hum lindo demais!

Beijoss!

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Um resto de uma boa semana...

O eterno abraço…

-MANZAS-

Monday disse...

Clarice deveria ser livro de cabeceira pra muita gente ... não diria todos, porque essa coisa de unanimidade é meio estranha num planeta tão cheio de variações ...

mas se vc quiser homenagear uma mulher, citar Clarice sempre será um senhor elogio ...

Paulo Tamburro disse...

Adoro coisas de mulheres, sinceramente.

Sutiãs: como são lindos.Aliás ainda são usados? Não os tenho visto neste calor aqui no Rio de janeiro.

Calcinhas.

Que coisa de mulher mais bonita.De todas as cores.Branca, preta, Kiwi, abricot, rosa-choque,amarela susto, vinho de segunda, enfim todas as cores.

Adoro coisas de mulher.

Lingerie de mulher que coisa mais linda.

Só não gosto de mulheres tatuadas.

Uma vez saí com uma mulher que tinha um escorpião tatuado na virilha.

Vesti a roupa e saí correndo!!!

águia_livre disse...

Muito bonito.

Prova de bom gosto esta postação
.

Aprendiz disse...

Foto, laranja, desejo, laranja, mamas, laranja, olhar, laranja, prazer, laranja;
laranja, sumo que faço para beber, laranja, pausadamente, laranja, colo, laranja, adormeço, laranja;
laranja.

Beijos